Release - ELAT

Releases Nº 7
09/12/2013

Foto tirada em Campinas por Jacomo Piccolini.
Fragmentos de Paixão é exibido no CineSesc
Por ano, caem cerca de 50 milhões de raios e 500 pessoas são atingidas no Brasil – 130 delas vítimas fatais das descargas elétricas. O país é campeão mundial de incidência de raios.
Fragmentos de Paixão é o primeiro filme sobre raios feito no Brasil e busca entender como tantas descargas atmosféricas podem afetar vidas de formas tão diferentes.  Sua exibição no cinema coincide com a temporada das tempestades e da maior incidência de raios no país, que vai de outubro a março. O filme teve estreia em outubro e volta a ser exibido no CineSesc dia 11/12, como parte da mostra “Retrospectiva do Cinema Brasileiro”. O projeto conta com 112 filmes e exibirá sucessos de bilheteria, ficções, documentários e filmes infantis produzidos no Brasil no último ano.
A obra reforça a necessidade de apresentar a temática de raios ao público geral, a fim de diminuir acidentes relacionados às descargas atmosféricas. Um levantamento realizado pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais mostra que, em consequência de uma tempestade, as vítimas por raios estão em maior número do que as vítimas de enchentes e deslizamentos. De 1991 a 2010, 2.640 pessoas morreram atingidas por raios, contra 2.475 pessoas que perderam a vida por causa de enchentes e deslizamentos.
A exibição do filme no cinema coincide com a temporada das tempestades e da maior incidência de raios no país, que vai de outubro a março
Fragmentos de Paixão fala sobre esses riscos de maneira leve e envolvente. Para conectar os dados científicos, são apresentadas seis vidas que mostram como um raio define destinos de forma completamente diferente, permeando o medo e a paixão, a tragédia e o sucesso, a guerra e a paz. Nessa jornada, fatos inusitados são revelados, mostrando a visão da ciência e da cultura sobre o fenômeno, desde o descobrimento do Brasil até o futuro do planeta. "Trazemos questões essenciais a todas as pessoas, visando ampliar e democratizar a informação sobre o assunto", explica a jornalista Iara Cardoso, diretora do filme.
Osmar Pinto Junior e a jornalista Iara Cardoso pesquisaram a fundo dados da história, da ciência e da literatura do Brasil. Para chegarem às vidas e às informações apresentadas no filme, foram analisadas mais de 200 diferentes fontes durante três anos – livros, documentos históricos, pesquisas científicas, fotos e descendentes de personalidades foram essenciais para a construção de um roteiro minucioso e repleto de curiosidades.
Fragmento de Paixão é realizado pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica do INPE e faz parte de um projeto de divulgação sobre os riscos que os raios trazem à população, que inclui uma cartilha educativa e exposições. O filme deve ser exibido na TV aberta e fechada, em festivais de cinema e escolas. 
Serviço
Fragmentos de Paixão
Dia 11/12, às 13h
No CineSesc - rua Augusta, 2.075, Cerqueira César, São Paulo/SP
Mais informações: www.sescsp.org.br/programacao/18080_FRAGMENTOS+DE+PAIXAO
Ficha técnica
Apresentação: Osmar Pinto Junior 
Direção: Iara Cardoso
Roteiro: Iara Cardoso
Pesquisa Histórica: Osmar Pinto Junior
Fotografia: Fábio Dourado Dantas
Efeitos Especiais: Julio César dos Santos Dias e Leonardo Reis
Montagem: Bruno Maia Cerqueira
Trilha Sonora: Cinematic Orchestra, Keith Kenniff e Tony Anderson
Duração: 70 min.
Ano: 2013
País: Brasil
Gênero: Filme Documentário
Cor: Colorido
Estúdio: Storm – Comunicação Estratégica
Classificação: Livre
www.fragmentosdepaixao.net.br
www.facebook.com/filmefragmentosdepaixao
twitter: @filmefragmentos

HomePortal ELATINPEGrupo StormCinemarkBradesco - SegurosEletrobras - FurnasCompanhia de Transmissão de Energia Elétrica PaulistaFacebook YoutubeVimeo